Governo de SP anuncia pacote emergencial para empreendedores com aporte do Banco do Povo e Desenvolve-SP…

Fundo Social de Santa Fé do Sul recebe cobertores doados pelos Vicentinos e repassa à Casa de Passagem…
3 de fevereiro de 2021
Santa Rita d’Oeste faz história classificando dois alunos em primeiro lugar na competição Internacional de Robótica…
6 de fevereiro de 2021

Governo de SP anuncia pacote emergencial para empreendedores com aporte do Banco do Povo e Desenvolve-SP…

Foi anunciado, ontem quarta-feira, 3/2, medidas emergenciais para apoiar setores da economia atingidos pela pandemia de Covid-19 nos 645 municípios paulistas. Entre as novas medidas estão a liberação de R$ 125 milhões para os empreendedores, a suspensão de protesto de débitos da dívida ativa e a manutenção de serviços de gás e água. O presidente da Comissão de Atividades Econômicas da Alesp, deputado Itamar Borges (MDB), vem dialogando com o Governo, instituições financeiras, entidades representativas e empreendedores desde o início da pandemia, sempre buscando a aprovação e levando sugestões de programas e fundos de créditos emergenciais para minimizar os impactos da Covid-19 na economia. O parlamentar destaca a importância do anúncio de crédito e reforça a necessidade de juros baixos, carência e agilidade na aprovação. “Este pacote representa uma ajuda mais que necessária para os setores mais impactados pela pandemia. Seguiremos apoiando os empreendedores e buscando ações e iniciativas para fomentar a retomada. Afinal, o pequeno empresário não pode ficar abandonado à própria sorte”, destacou Itamar Borges.
No total, o pacote de apoio irá liberar R$ 125 milhões. O Banco do Povo contribuirá com R$ 25 milhões para duas modalidades de financiamento para empreendedores. Outros R$ 100 milhões serão disponibilizados pelo banco estatal de fomento DesenvolveSP, para capital de giro de micro e pequenas empresas no Estado. O pacote voltado para empreendedores inclui produtores rurais. Uma linha de crédito de até R$ 15 mil a juros de 1% ao mês pode ser obtida por agricultores sem CNPJ e empreendedores informais. Outras medidas do pacote emergencial são a suspensão de protesto de débitos da dívida ativa por 90 dias, e a manutenção de serviços de água e gás, impedindo que eles sejam suspensos nos municípios situados nas fases laranja e vermelha do Plano São Paulo. (Fonte: Gabinete – Foto: Assessoria de Imprensa/Reprodução/Divulgação).

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *