Ministro Marco Aurélio Mello entrega o STF: “O Supremo está sendo utilizado pelos partidos de oposição para fustigar o governo”…

Supernovas podem ter causado extinção em massa na Terra…
19 de agosto de 2020
NASA investiga anomalia no campo magnético da Terra que pode provocar caos nas comunicações…
21 de agosto de 2020

Ministro Marco Aurélio Mello entrega o STF: “O Supremo está sendo utilizado pelos partidos de oposição para fustigar o governo”…

Marco Aurélio Mello, que vive seus derradeiros momentos como ministro do STF – Supremo Tribunal Federal, já que em julho do próximo ano terá que obrigatoriamente se aposentar, pois atinge o limite de idade para o exercício do cargo, resolveu finalmente escancarar a ação nociva da corte. Para o magistrado o STF está sendo utilizado por partidos de oposição como uma maneira de fustigar o governo do presidente Bolsonaro. De fato isso é notório. Todo mundo vê.
Um exemplo clássico dessa conduta deve ser sempre lembrado. A intervenção do STF impedindo o presidente da República de nomear como diretor-geral da Polícia Federal o delegado Alexandre Ramagem. E Marco Aurélio foi claro: “Como já disse em sessão, do caso Abin, o Supremo está sendo utilizado pelos partidos de oposição para fustigar o governo. Isso não é sadio. Não sei qual será o limite”, declarou. Realmente, o caso da Abin é outro absurdo. O plenário do STF julgou ação do PSB que questionava um decreto do presidente dando mais poderes para que a Agência Brasileira de Inteligência (Abin), acesse os dados dos cidadãos. Por nove votos a um, os ministros entenderam que a troca de informações entre a Abin e o governo federal exige motivação específica, levando em conta o interesse público. O único voto divergente foi justamente o de Marco Aurélio Mello. Como alertou o ministro: “Não sei qual será o limite”. (Fonte: Jornal da Cidade – Foto: Google Images/Reprodução/Divulgação).

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *