Agindo como um juiz “universal”, Alexandre de Moraes se supera e manda suspender contas internacionais de bolsonaristas investigados, mas Facebook diz que não cumprirá decisão do ministro…

Blogueiro se diz ameaçado por China, Coreia do Norte, STF e PT, e sai do Brasil…
31 de julho de 2020
GP da Inglaterra: Lewis Hamilton quebra recorde em silverstone e faz a 91ª pole position na Fórmula 1…
1 de agosto de 2020

Agindo como um juiz “universal”, Alexandre de Moraes se supera e manda suspender contas internacionais de bolsonaristas investigados, mas Facebook diz que não cumprirá decisão do ministro…

Quando pensamos que já presenciamos as decisões mais estapafúrdias vindas do Poder Judiciário, eis que nos deparamos com mais uma determinação do ministro do STF – Supremo Tribunal Federal, Alexandre de Moraes, divulgada ontem, quinta-feira, 30/07, que, agindo como se um juiz  “universal”, impôs uma nova suspensão nas redes sociais dos perfis de conservadores, simpatizantes do Governo Bolsonaro, investigados no âmbito do famigerado inquérito das fake news, decisão esta, que segundo nota não será cumprida pelo Facebook.
O ministro quer que as contas que estão suspensas no Brasil, sejam também suspensas no exterior. Porém, a plataforma Facebook, empresa com sede nos Estados Unidos, informou que não vai tirar do ar internacionalmente os perfis  dos investigados no malfadado inquérito.  Além disso, a empresa afirma que recorrerá  ao plenário do STF e, enquanto isso,  manterá as contas no ar fora do Brasil. O Facebook entende que a determinação do ministro “extrapola jurisdição brasileira”. “Respeitamos as leis dos países em que atuamos. Estamos recorrendo ao STF  contra a decisão do bloqueio global das contas, considerando que a lei brasileira reconhece limites  à sua jurisdição e a legitimidade  de outras jurisdições “, diz a nota da assessoria de imprensa do Facebook. (Fonte: Jornal da Cidade – Foto: Google Images/Reprodução/Divulgação).

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *